Para mais detalhes sobre o que é o Scrapbooking, quais as suas formas, que tipo existem e por onde começar, visitar a seguinte secção de aprendizagem: https://www.facebook.com/groups/paperscrappers/learning_content/?filter=194381674469074  

Abaixo transcreve-se um texto com uma definição, que saiu na Revista de Scrapbooking Faça Fácil #1, em Outubro de 2013, e escrita por Hanifa Scraps (Nidia Ponte)


Nos dias de hoje podemos definir o Scrapbooking como a arte de preencher livros em branco com fotos, memorias, registos “journaling” e enfeites.

O objectivo principal do Scrapbooking é preservar memórias para futuras gerações e tem também como objectivo secundário exercitar a criatividade enquanto dispõe essas memórias num Scrapbook (livro de memórias).

Contudo quando falamos em preencher “livros em branco”, o Scrapbooking não fica limitado aos tradicionais livros chamados “Diários”. Esses livros podem ser álbuns, quadros, molduras, etc. Desde que contenham um registo de uma memória, este pode ser uma foto, um bilhete, um recorte, os quais devem incluir sempre um registo escrito, que pode ser uma descrição, data, poema, etc., de forma a que registo visual com o escrito criem uma história.

Por vezes diz-se que o Scrapbooking é “Arte com Papel”. Contudo esta definição não é correcta, pois nem sempre se usam no Scrapbooking “papeis” como materiais. Por exemplo no Scrapbooking Digital é usado apenas computador e um software informático. Um outro exemplo é o Scrapbooking Alternativo, onde se recorre a materiais tão diferentes como por exemplo o tecido.

Há também que chame o Scrapbooking de técnica, mas isso, também, não é correcto. Pois técnica é um procedimento ou o conjunto de procedimento que tem como objectivo obter um determinado resultado seja no campo da Ciência, da Tecnologia, das Artes ou em outra actividade. E Arte é uma actividade humana ligada a manifestações de ordem estética ou comunicativa, realizada a partir da percepção das emoções e das ideias, com o objectivo de estimulas essas instâncias da consciência e dando um significado único e diferente para cada obra. 

Assim o Scrapbooking é a actividade que através de estímulos (fotos, memórias e histórias) se cria uma obra de arte, que pode ser um mero layout, uma moldura ou um álbum, usando para isso várias técnicas, desde de vários tipos de encadernações, várias maneiras de pintar ou fazer relevo, etc.

Porém não quer assustar a quem lê artigo quando digo que o Scrapbooking é uma arte. Pois apesar de ser uma arte é algo muito interligada ao individuo, ou seja, é uma arte muito pessoal. E isto quer dizer que cada pessoa que pratica esta arte faz um trabalho diferente, logo o que é “bonito” para mim pode não ser para o “outro”, até porque a história que estou a “contar” no Scrapbook é a minha ou da minha família ou amigos próximos. Assim qualquer pessoa que goste de “contar” histórias da sua família, colocando-as num “livro” está a fazer Scrapbooking.

Colocando numa pequena frase que expressa e defini o que é o Scrapbooking:

Scrapbooking—A arte de preservar memórias para futuras gerações!